Docentes de escola no Estreito dinamizam “Projecto África”

Uma nota da Câmara Municipal de Câmara de Lobos dá conta de que um grupo de docentes da Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos do Estreito está a promover um projecto solidário de recolha de material escolar para enviar a um país africano. O município de Câmara de Lobos apoia a iniciativa através da cedência de espaço camarário para centro logístico da campanha.

São quatro docentes do citado estabelecimento de ensino, que, está a dinamizar o projecto de solidariedade social “Projecto África” como forma de realização de uma cidadania activa e participativa, materializando a solidariedade social.

O projecto visa a recolha de manuais escolares e outro material escolar (para depois serem enviados para um país africano) em quase todas as escolas dos 2.º e 3.º ciclos e secundárias da Região Autónoma da Madeira. Esta é também uma maneira dos docentes das várias escolas da Região Autónoma da Madeira trabalharem de forma colaborativa/cooperativa.

A Câmara Municipal de Câmara de Lobos, colabora com o projecto através da cedência do espaço no Centro Cívico do Estreito, para armazenamento e triagem dos materiais didácticos recolhidos.

Até ao momento, vinte e quatro escolas aderiram ao projecto (Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos do Estreito de Câmara de Lobos, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos da Torre, Escola Básica e Secundária Dr. Luís Maurílio da Silva Dantas, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos de Santo António, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos Bartolomeu Perestrelo, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos dos Louros, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos Dr. Eduardo Brazão de Castro, Escola Secundária Jaime Moniz, Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco, Escola Básica e Secundária Dr. Ângelo Augusto da Silva, Colégio Salesiano do Funchal, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia, Escola Profissional Dr. Francisco Fernandes, Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos Dr. Alfredo Ferreira Nóbrega Júnior, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos do Caniçal, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos D. Lucinda de Andrade, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos Cónego João Jacinto Gonçalves de Andrade, Escola Básica e Secundária do Porto Moniz, Escola Básica e Secundária da Ponta do Sol, Escola Básica e Secundária da Calheta, Escola Básica e Secundária de Santa Cruz, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos do Caniço, Escola Básica e Secundária Francisco Freitas Branco).

Todos os professores envolvidos abraçaram este projecto como voluntariado, mas também como uma oportunidade de adquirir novas competências pessoais e profissionais. Todos os docentes têm mostrado dinamismo, generosidade e boa capacidade de trabalho em equipa, elogia a Câmara Municipal.

A próxima fase do projecto consiste na recolha de material escolar, nomeadamente lápis, canetas, cadernos, borrachas e estojos.