Rafael Kyrychenko em recital de piano a 1 de Outubro na ALRAM

Um recital de piano protagonizado por Rafael Kyrychenko terá lugar a 1 de Outubro, pelas 21 horas, no Salão Nobre da Assembleia Legislativa da Madeira. O evento é realizado pela Orquestra Clássica comemorativa simultaneamente como concerto comemorativo do Dia Mundial da Música, e concerto inaugural do piano no parlamento regional.

“É com foco e determinação na valorização artística dos jovens músicos da nossa Região que a estrutura artística da Orquestra Clássica da Madeira apresenta uma nova proposta na sua programação. Recentemente, a Associação Notas e Sinfonias Atlânticas, entidade gestora da Orquestra Clássica da Madeira, procedeu à aquisição de um piano de cauda, que ao abrigo do Protocolo de Colaboração, será colocado no Salão Nobre da Assembleia Legislativa da Madeira, com o propósito primordial de programar recitais com jovens músicos que tiveram a sua formação inicial na Madeira e com solistas que são convidados para a nossa regular temporada, colmatando desta forma um vazio que se criou nos últimos anos na Região no âmbito da música de câmara/recitais com piano” explica o director artístico da OCM, Norberto Gomes.

Esta postura prende-se com o facto de neste momento, e após algumas décadas de investimento no ensino artístico na Região, acrescenta, “podermos contar com a destacada formação de vários músicos, em várias áreas, que atingiram um nível considerável e que assim podem manter uma ligação profissional com a sua terra natal”.

É o caso do ex-aluno do CEPAM, o pianista Rafael Kyrychenko, que tem vindo a ser galardoado em dezenas de concursos nacionais e internacionais. O mesmo tem sido convidado nas últimas temporadas, além da sua actividade internacional, a tocar a solo com a Orquestra Nacional do Porto – Casa da Música assim como no Centro Cultural de Belém, tendo também se apresentado com a Orquestra Gulbenkian.

Neste recital de piano, Rafael interpretará obras de Scriabin, Franck, Messiaen e Ravel.

“No âmbito da responsabilidade formativa e pedagógica da Orquestra Clássica da Madeira, os alunos e formandos de todas as áreas artísticas do Conservatório -Escola Das Artes da Madeira têm entrada livre mediante apresentação de cartão estudante”, refere a OCM.

Os bilhetes custam entre 10€ e 5€ e estão disponíveis na Loja Gaudeamus no Colégio dos Jesuítas (junto à Câmara Municipal do Funchal), de segunda a sexta-feira no horário das 10:00-18:00, e no local do concerto a partir das 20:00.

O programa, especificamente, é o seguinte:

  1. Franck [1822-1890]- Prelude Chorale et Fugue
    O. Messiaen [1908-1992] – Premiere Communion de la Vierge
    M. Ravel [1875-1937]- Gaspard de la Nuit

Rafael Kyrychenko começou a estudar piano aos 5 anos de idade com a sua mãe, Cristina Pliousnina, no Conservatório- Escola Profissional das Artes da Madeira. Ganhou o primeiro concurso regional 6 meses depois de iniciar os seus estudos musicais e o seu primeiro 1º prémio num concurso internacional aos oito anos de idade (IV Concurso Internacional Vila de Capdepera, Palma de Maiorca, Espanha). Desde então, tem participado em vários concursos internacionais, alcançando os 1º e 2º prémios em Portugal, Espanha, Itália, França, Estónia, San Marino, Chipre, Dinamarca e nos EUA.

Em maio de 2014, ano em que estava a finalizar o Curso Profissional de Instrumentista do CEPAM, Rafael foi eleito vencedor da 25ª edição de atribuição das bolsas da Yamaha. Entre vitórias dos últimos anos se destacam o 1º prémio em 4th Aarhus International Piano Competition, Dinamarca, Gold Prize em Manhattan International Music Competition nos Estados Unidos da América e o 3º prémio em prestigiado Maria Canals International Piano Competition ,Barcelona. Ao longo dos anos, o Rafael participou em Master Classes sob a orientação de músicos de renome tais como Philippe Entremont, Dmitry Bashkirov, Sergei Edelman, Vitaly Samoshko, Nelson Delle-Vigne Fabbri, Michel Béroff, Artur Pizarro, entre outros.

Rafael já actuou em auditórios de prestígio como, na Sala de Congressos da Madeira e Teatro Baltazar Dias, Genebra Congress Hall, Estonia Concert Hall, De Santis Chapel na Palm Beach Atlantic University, Sala Suggia da Casa da Música, na Fundação Gulbenkian e no CCB, Charlottenborg Festsal, Flagey Studio 1 e 4, Palau de la Música Catalana, entre outros.

Rafael tem sido convidado com regularidade para tocar a solo e com orquestras tanto na Região Autónoma da Madeira em particular com a ANSA/Orquestra Clássica da Madeira, como em Portugal Continental e no estrangeiro, apresentando-se com orquestras e maestros tais como Rui Massena, Andris Poga, Michael Schønwandt, Michail Jurowski, Philippe Entremont, Joseph Swensen, Jordi Francés e Cesário Costa.

Depois de concluir os seus estudos no Conservatório das Artes da Madeira, estudou na Queen Elisabeth Music Chapel em Bruxelas, Bélgica, orientado por Maria João Pires, e obteve a sua licenciatura no Conservatório Real de Bruxelas, sob orientação do Prof. Daniel Blumenthal.

Actualmente, prossegue os seus estudos na Academia de Piano de Imola, com o Prof. Leonid Margarius, e ingressou para o curso de Mestrado na prestigiosa Escola Superior Rainha Sofia em Madrid com a Prof. Milana Chernyavska.