PSD não poupa nas promessas para o Porto da Cruz

O candidato pela coligação PSD/CDS à Câmara Municipal de Machico, Norberto Ribeiro, assumiu, anteontem ao final da tarde, que “irá trabalhar em nome de toda a população e de todo o concelho” e que, no caso do Porto da Cruz, “são muitos os projetcos a que se propõe”, reiterando que a obra do Cemitério será a primeira a avançar assim que eleito. Um compromisso ao qual fez questão de associar a reposição do Feriado Municipal no dia do Senhor dos Milagres, “o que corresponde à vontade da população que foi ignorada pelo Executivo”, na primeira Assembleia Municipal que venha a ser realizada assim que tome posse.

Relativamente ao Porto da Cruz, o candidato elencou os vários projectos que pretende implementar nos próximos quatro anos, destacando a aposta na habitação a custos controlados – especialmente destinada aos jovens que, hoje, não encontram oportunidades nem condições de se fixarem na freguesia – e, também, a estratégia que irá implementar no que respeita à terceira idade, aumentando os apoios e garantindo novas respostas sociais, concretamente ao domicilio, numa freguesia que tem muita população envelhecida e na qual as respostas da Câmara, em seu entender, não se têm feito sentir.

Promete ainda a requalificação da Frente Mar e obras de melhoria nas acessibilidades internas, numa localidade que tem todas as condições para crescer e desenvolver do ponto de vista económicoç

“Os grandes investimentos têm de voltar ao Porto da Cruz e é importante que esta freguesia não fique parada por mais quatro anos”, disse.

Por seu turno, o candidato pela coligação “Juntos Somos Machico” à Junta de Freguesia do Porto da Cruz, Victor Assunção, lamentou a “falta de dinâmica” que actualmente caracteriza a sua freguesia e propõe-se a implementar mais apoios e acompanhamento social, mais dinamização económica e uma maior valorização da identidade cultural.