Albuquerque inaugura segunda-feira nova fase da VE Fajã da Ovelha-Ponta do Pargo

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, inaugurará na segunda-feira, dia 2 de Agosto, pelas 16 horas, a empreitada de construção da “Via Expresso Fajã da Ovelha – Ponta do Pargo – 2.ª Fase” (Amparo/Ponta do Pargo), que vem permitir a conclusão da ligação da Estrada Regional 101, entre a Raposeira e a Ponta do Pargo, com uma extensão global de 5,7 quilómetros.

O troço final, agora a inaugurar, entre o Amparo e o centro da freguesia da Ponta do Pargo (2.ª Fase), compreende a execução de dois viadutos com extensão de 173 e 160 metros sobre o Ribeiro Velho e sobre a Ribeira da Fajã Pequena, respectivamente, refere uma informação governamental.

Isto para além de uma passagem superior, com extensão de 40 metros, para o restabelecimento da Rua da Lombadinha, de uma passagem inferior agrícola, para o restabelecimento da Rua do Salão de Cima, da escavação e contenção de taludes e da construção de duas rotundas que permitem a ligação à ER 222 (Antiga ER 101).

Foram executados também trabalhos de drenagem, pavimentação, sinalização, instalação dos equipamentos de iluminação, segurança e de integração paisagística, numa extensão aproximada de 1.500 metros.

O troço final da Via Expresso entre o Amparo e o centro da freguesia da Ponta do Pargo (2.ª Fase) representa um investimento de 9,3 milhões de euros, por parte do Governo Regional da Madeira, refere a nota da Quinta Vigia.

A execução deste troço rodoviário entre a Raposeira e a Ponta do Pargo foi dividida em duas fases, sendo que da primeira fase fizeram parte os trabalhos de escavação e revestimento provisório e definitivo dos túneis e galeria de emergência, a canalização de três ribeiros e trabalhos de drenagem e a impermeabilização no interior dos túneis e respectiva galeria.

A segunda fase da empreitada de construção da Via Expresso Fajã da Ovelha – Ponta do Pargo permite concluir integralmente aos trabalhos deste troço rodoviário.

No troço já em utilização, entre a Raposeira e o Amparo, foram executados três viadutos com extensão de 132, 165 e 225 metros sobre a Ribeira do Chão, sobre a Ribeira dos Marinheiros e sobre a Ribeira dos Câmbios, respectivamente, bem um aterro de grandes dimensões e uma passagem hidráulica sobre a Ribeira das Galinhas.

Foram ainda executadas três passagens superiores, uma com extensão de 42,5 metros e duas com extensão de 37 metros, para o restabelecimento do Caminho 1.ª Lombada dos Cedros, do Caminho do Lombo e da Rua da Igreja, feita a escavação e contenção de taludes e executadas três rotundas que permitem a ligação à ER 223 (Acesso ao centro da Freguesia da Fajã da Ovelha) – Rotunda 1 – e à ER 222 (Antiga ER 101) – Rotundas 2 e 3.

Foram também executados trabalhos de drenagem, pavimentação, sinalização, instalação dos equipamentos de iluminação, segurança e de integração paisagística, numa extensão aproximada de 4,7 quilómetros.

O troço já executado da Via Expresso entre a Raposeira e o Amparo (1.ª Fase) representou um investimento de 25,4 milhões de euros por parte do Governo Regional da Madeira. Ou seja, 34,7 milhões nestas duas fases.