PSD-M vai apresentar voto de pesar na ALRAM

O grupo parlamentar do PSD Madeira anuncia que vai apresentar um voto de pesar, na Assembleia Legislativa da Madeira, pelo falecimento do Professor Virgílio Pereira, apresentando condolências à sua família e amigos e enaltecendo a sua missão de cumprimento do serviço público e o contributo que deixou não só para a melhoria das condições de vida dos Funchalenses, enquanto autarca, mas também dos Madeirenses em geral.

Virgilio Pereira, diz o PSD, era uma das figuras políticas mais conhecidas e carismáticas da nossa Região, tendo ocupado diversos cargos públicos, sendo aquele que lhe trouxe maior notoriedade o de Presidente da Câmara Municipal do Funchal e que ocupou de 3 de Outubro de 1974 até 3 de Janeiro de 1983 e, mais tarde, entre 7 de Janeiro e 30 de Setembro de 1994.

Enquanto autarca, assumiu como prioridade a aproximação da população que o elegeu, promovendo audiências com os munícipes, o que lhe permitiu perceber quais as preocupações e anseios e encontrar respostas que fossem ao encontro da resolução dos problemas.

A sua actuação na Câmara Municipal do Funchal, segundo o PSD, “é um exemplo de rigor e rectidão, sendo reconhecido com um homem de valores e exímio diplomata. Mas a sua accccccção política foi muito mais além das fronteiras do concelho, tendo sido um defensor acérrimo dos Madeirenses e dos seus direitos, em particular enquanto deputado na Assembleia da República, de 31 de Maio de 1983 a 1 de Janeiro de 1986, nas III e IV Legislaturas, e no Parlamento Europeu, de 1 de Janeiro de 1986 a 10 de Janeiro de 1994”.

Ao nível partidário, foi uma referência para a social-democracia, tendo sido vice-presidente da Comissão Política Regional do PSD/Madeira, de 1991 a 2004.