CDU pretende “Eco-Parque Marinho Toco-Lazareto”

A CDU realizou hoje uma iniciativa política para abordar a situação de subvalorização da zona litoral entre a Praia do Toco e a ponta do Lazareto, no Funchal.

Enquanto candidato da CDU à presidência da Câmara Municipal do Funchal, Edgar Silva declarou que “o litoral e a zona marinha que se estende do Toco ao Lazareto, quer com o PSD na governação do Município, quer com o PS no governo do Concelho, devido à falta de visão estratégica e à incapacidade projectiva e de investimento em favor do interesse público impediram o desenvolvimento integrado de uma importantíssima área territorial que, no Funchal, poderia estar ao serviço da cidade e dos cidadãos”.

Para a CDU “o estado de insegurança e instabilidade em que se encontra a Praia do Toco dá bem conta de como, quer o PSD, quer o PS, não têm sabido salvaguardar o interesse público no Funchal”.

Como afirmou Edgar Silva, “é de uma grave negligência contra a cidade verificar como uma área com tantas potencialidades e recursos está desvalorizada e desqualificada, quando poderia constituir um pólo de desenvolvimento sustentável”.

O coordenador regional desta força partidária sustenta que naquela área deveria ser criado o Eco-Parque Marinho Toco/Lazareto: “Considerando, em particular, a riqueza marinha e o papel do mergulho amador para o turismo, e atendendo às potencialidades da zona marinha que se estende da Praia do Toco à Ponta do Lazareto, estarão reunidos requisitos fundamentais para uma forte aposta no “turismo de mergulho” a partir do Concelho do Funchal”, entende.

“Para tal, a criação do Eco-Parque Marinho Toco/Lazareto corresponde a uma medida político-legislativa axial, na medida em que garante naquela área territorial o estatuto de protecção ambiental mais capaz de estabelecer condições de maior atractividade e porque responsabiliza a governação, do Município e da Região, à tomada das correspondentes acções e dos compromissos para apoiar, alargar e monitorizar o exercício do lazer, do turismo de mergulho e de outros desportos náuticos naquela zona marinha”.