Sinos da Sé tocaram hoje ao meio dia para assinalar os 500 anos do Voto a São Tiago Menor

Faz hoje 500 anos que a Câmara do Funchal escolheu, por sorteio, um padroeiro para o concelho, a fim de obter protecção divina contra a peste.
Logo depois desse acto, os vereadores e demais oficiais do concelho dirigiram-se à Sé para comunicarem a notícia ao Deão.
De seguida, tocaram os sinos da Sé e dos conventos de São Francisco e de Santa Clara, a aplaudir a deliberação camarária.