Miguel Gouveia elogia trabalho do artista Eduardo de Freitas

O presidente da CMF visitou hoje a Galeria Marca de Água, para a cerimónia de encerramento da exposição “Imersão – Fora do Tempo”, do artista plástico madeirense Eduardo de Freitas, que teve curadoria de Filipa Venâncio.

O edil realçou “o excelente trabalho realizado pelo Eduardo, que através destas sublimes obras de pintura e desenho, ofereceu à cidade todo o seu talento e a sua criatividade. Este é um exemplo da cultura que queremos ter no Funchal, com conhecimento e experiência, que nos permita continuar a desenvolver a cidade em termos artísticos e a criar oportunidades para projetar os talentos locais a nível nacional e internacional.”

O autarca deixou ainda uma palavra de apreço pelo trabalho realizado pela Galeria Marca de Água “que em muito se identifica com as políticas do Município do Funchal, nomeadamente no apoio aos artistas e ao talento regional (…)”

Eduardo de Freitas é um artista plástico natural da Madeira e que expõe regularmente desde 1976. Tem representações nas colecções do Mudas-Museu de Arte Contemporânea da Madeira, no Museu Etnográfico da Madeira e em coleções particulares. Expôs individualmente no Museu de Arte Contemporânea do Funchal, no Museu Etnográfico da Madeira, Porta 33, na galeria da SRTC, na Mouraria, na Pipinoir, entre outros. Participou, igualmente, em exposições colectivas em Portugal continental, Açores, Espanha, Áustria e México.