A importância da leitura dos rótulos – os açúcares

A adoção de hábitos alimentares saudáveis, nomeadamente através da redução do consumo de sal, açúcar e gorduras, é fundamental para a prevenção de várias doenças crónicas.

Mas apenas poderemos reduzir o consumo destes se os soubermos reconhecer nos rótulos dos alimentos embalados. Neste artigo falarei acerca dos açúcares.

O açúcar adicionado nos alimentos pode aparecer na lista de ingredientes com as seguintes designações: sacarose, maltose, frutose, glucose, galactose, lactose, dextrose, xarope de milho, maltodextrina, mel, melaço…

Nos alimentos que contem informação nutricional os açúcares estão identificados como: glícidos/hidratos de carbono que são componentes dos alimentos cuja principal função é fornecer energia para a realização de todas as funções do organismo.

No rótulo aparece: Glícidos dos quais:  seguido da quantidade em gramas de açúcares,  polióis  e amido.

Os açúcares existem sob a forma de açúcar (sacarose), açucares do mel (açucares invertidos) e açúcar da fruta (frutose), por exemplo.

Polióis estão presentes na forma natural em alguns alimentos, podem também ser produzidos industrialmente e utilizados pela industria agroalimentar para obter produtos com baixo valor energético, como é exemplo do sorbitol, manitol, xilitol.

Recomendações:

  • Privilegie o consumo de hidratos de carbono complexos como o amido (pão de mistura ou integral, massa e arroz integrais, fruta, hortícolas e leguminosas).
  • Limite o consumo de açucares simples.