Fukushima, 10 anos depois [vídeo]

¡AF!