CDU denuncia “esbanjamento de dinheiros e bens públicos”

A CDU realizou hoje, dia 26, uma iniciativa política regional no concelho da Calheta visando abordar problemas que se relacionam com o esbanjamento de dinheiros e de bens públicos da Região.
Nesta iniciativa o deputado Ricardo Lume apresentou um caso concreto que, em seu entender, exemplifica o desperdício de dinheiros públicos: os terrenos adquiridos pelo Governo Regional para o prometido “novo Centro de Saúde da Calheta”.
“Os terrenos adquiridos a diversos privados foram justificados pelo interesse público do projecto a concretizar, o que justificou processos de expropriação de bens a cidadãos desta Região. Passaram-se anos e, até hoje, os terrenos foram adquiridos e estão ao abandono. Apesar do alegado projecto elaborado para o que poderia ter sido “o Novo Centro de Saúde”, o Governo Regional optou pelo recauchutar do antigo Centro de Saúde da Calheta… E, entretanto, foram desperdiçados dinheiros e bens públicos. Os terrenos adquiridos para a Região Autónoma da Madeira foram pagos aos respetivos proprietários e estão agora ao abandono”, queixa-se Lume.
Para a CDU, estes problemas requerem uma intervenção no sentido do apuramento das responsabilidades por parte do Governo Regional da Madeira quanto às práticas negligentes na gestão do erário público.