A caminho das Autárquicas de 2021 (Porto Moniz)

Porto Moniz é uma freguesia do concelho com o mesmo nome, com 21 km² de área e 1.668 habitantes segundo o Censos 2011.

A principal actividade económica é a agricultura e o turismo.

A freguesia do Porto Moniz mantém-se una, de cima a baixo, embora noutros contextos políticos tenham surgido tentativas de ‘separar’ a vila da Santa… Maria Madalena.

Efetivamente, em sede de discussão de uma nova divisão administrativa da Madeira, chegou a ponderar-se criar a freguesia da Santa, desanexando-a do Porto Moniz. Ficou em águas de bacalhau.

Tito Júnior cumpre o seu último mandato à frente da Junta do Porto Moniz.

Politicamente falando, os cerca de 1200 votantes desta freguesia sede de concelho só votaram à esquerda depois de 2009. Até essa data, o PSD sempre foi rei e senhor no Porto Moniz mesmo perante a coligação PS/CDS que se submeteu a votos em 2001.

Em 2009, com o atual presidente da Junta, Tito Vieira Júnior (que cumpre o seu último mandato), o PS conseguiu virar o resultado a seu favor.

Aliás, a freguesia conseguiu ‘virar’ primeiro para o PS do que o próprio concelho.

De resto, a hegemonia ‘laranja’ foi sempre garantida desde 1976 a 2009, sempre com maiorias absolutas.

O PS, que atualmente governa a Junta, só ‘descolou’ eleitoralmente a partir de 1993 pois, até, então, a bipolarização era entre o PSD e o CDS que chegou a dar cartas naquela freguesia da costa norte até 1993.

Nas últimas Autárquicas de 2017, o PS voltou a vencer por 61,30% (795 votos). O PSD conseguiu 22,59% (293 votos); o movimento independente “Mais Porto Moniz” conseguiu 13,57% (176 votos); o PTP 0,54% (7 votos); e a CDU 0,31% (4 votos).