Direcção das Comunidades encerra para desinfecção após um trabalhador ter testado positivo para Covid-19

A Direcção Regional das Comunidades e Cooperação Externa (DRCCE) informou esta tarde que na segunda e terça-feiras, dias 11 e 12 de Janeiro, as
suas instalações estarão encerradas para desinfecção total do espaço. A razão é que um trabalhador terá testado positivo para a Covid-19. Os serviços estarão novamente abertos ao público no dia 13 de Janeiro.
O indivíduo que testou positivo apenas compareceu ao serviço no dia 5 de Janeiro. A partir do dia seguinte (6 de Janeiro), altura em que apresentou sintomas, manteve-se em casa em isolamento profiláctico, onde permanece agora em recuperação, informa-se.
Desde o início do ano, a DRCCE optou por dividir o pessoal em duas equipas, permitindo o trabalho em espelho, em dias alternados, minimizando, assim, o
risco de contágio entre colaboradores e utentes. Ou seja, o colaborador que testou positivo não esteve em contacto com a outra equipa. Mesmo da sua equipa, contactou com apenas três pessoas, refere uma nota enviada às Redacções.
Outras medidas de protecção entre colaboradores e utentes foram introduzidas, nomeadamente a protecção de acrílico na área dos atendimentos; a utilização obrigatória de máscara de protecção individual para colaboradores e dos utentes; distanciamento social e higienização frequente das mãos e do espaço.
Uma vez que os trabalhos de desinfecção não são compatíveis com a presença de pessoas no serviço, não haverá na segunda e na terça-feira nenhum colaborador no espaço. Os mesmos estarão em teletrabalho. Os utentes deverão contactar a DRCCE através do E-mail:
“Por fim desejar as rápidas melhoras ao nosso estimado colaborador, para que
rapidamente se junte a nós nesta nobre missão: a de apoiar todos os Madeirenses e Porto-Santenses que decidem viver, trabalhar ou estudar em terras distantes, e os estrangeiros que escolhem a Madeira para residir e/ou trabalhar”, refere o director regional das Comunidades e Cooperação Externa, Rui Abreu.