Diocese do Funchal exorta os cristãos a contribuírem para conter a pandemia

A Diocese do Funchal apela, em comunicado, aos cristãos para que contribuam para um esforço de contenção da pandemia da Covid-19. Num comunicado divulgado esta tarde, refere-se que, por decisão do Governo Regional, a população da Madeira e Porto Santo estará em confinamento nos próximos fins de semana de 9 /10 e 16 /17 de Janeiro, das 17h00 de sábado às 05h00 de domingo e das 17h00 de domingo às 05h00 de segunda-feira. “Trata-se de uma decisão que visa controlar os diversos surtos epidemiológicos da Covid-19 que têm assolado as nossas Ilhas”, refere a nota divulgada pela Diocese.

“Os cristãos não podem deixar de contribuir para este esforço colectivo. Assim, havendo a proibição de circular durante aquele período de tempo, não poderão ser celebradas Missas depois das 17h00 no sábado e no domingo.
Peço ainda aos sacerdotes que respeitem escrupulosamente as regras sanitárias vigentes e que encerrem os lugares de culto durante o período de confinamento”, refere a informação.
“Em especial aos sacerdotes, mas também aos seus colaboradores e equipas de acolhimento, renovo o agradecimento pelo esforço realizado para que todos estejam seguros nos lugares de culto, em especial durante a celebração da Eucaristia. Vivamos na fé estes momentos difíceis para todos. Continuemos a pedir a São Tiago Menor que interceda por nós, como há 500 anos pediram os nossos antepassados”, exorta a Diocese.