Estepilha: Gato escaldado de água fria tem medo

Vem aí a Filomena! É este o nome da depressão. Que nos recorda a canção brasileira “Filomena Cadê O Meu”? de Wilson Batista.
Filomena cadê o meu?
Filomena cadê o meu?
Aquele beijo gostoso
Que você me prometeu…
Mas esta Filomena parece pouco amistosa e “atacará” a Madeira já a partir de quinta-feira, dia 7 da parte da tarde. Vem associada a um sistema frontal de actividade moderada e irá agravar o estado do tempo com rajadas acima dos 100km/h, ondas até 10 metros, chuva forte acompanhada de trovoadas…
Quando passávamos no Jardim Municipal, deparámos com cancelas com um cartaz que alertavam os visitantes: “Evite circular no jardim durante condições climatéricas adversas dada a possibilidade de queda de ramos de árvores”. O nosso titulo é bem elucidativo da pertinência desse aviso: uma pessoa que já sofreu torna-se precavida. E ao mesmo tempo serve para “sacudir a água do capote”…