Albuquerque: “Não há até agora transmissão comunitária”

O presidente do Governo Regional apelou em conferência de imprensa via video, esta tarde, para que todos cumpram as regras de distanciamento social, higienização das mãos e uso de máscara, caso contrário, avisou, “pagaremos muito caro”. Como já anteriormente alertou várias vezes, esta é a época mais perigosa, pelo que se apela para a responsabilidade individual dos cidadãos. “Não podemos exigir mais às nossas equipas de saúde”, salientou o governante.

Por outro lado, garantiu que não há, até à data, transmissão comunitária activa na Madeira. O que há, neste momento, são 48 cadeias de transmissão local activas, mas sob controle epidemiológico.

Não há necessidade de alarmismos, apontou.