Pandemia deixa restaurantes “às moscas”: nem com teatro de rua…

Rui Marote

Os tempos da pandemia da Covid-19 não facilitam nada a vida à restauração de portas abertas. Nem os saltimbancos  atraem clientes para estabelecimentos que estão, literalmente, “às moscas”. Ao meio-dia de hoje, a Rua da Carreira estava praticamente deserta. O esforço dos artistas de teatro de rua desperta a atenção dos poucos transeuntes, mas vai entretendo sobretudo os funcionários da restauração ao som da gaita de foles… O FN aplaude o esforço, mas constata que a economia ressente-se.