Albuquerque anuncia obrigatoriedade do uso da máscara na Região

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, acaba de informar aos jornalistas, numa conferência de imprensa que se realizou online, que haverá novas medidas a implementar na Região, face ao aumento dos casos de Covid-19 no arquipélago. O uso de máscara será obrigatório nas zonas públicas, a partir dos seis anos de idade, com a excepção de quando se está a fazer exercício, ou nas praias, complexos balneares e acessos ao mar. Haverá multas semelhantes ao que acontece a nível nacional, se a ALRAM aprovar a medida proposta pelo governo, que adapta medidas nacionais.

A proibição de adeptos nos estádios foi afirmada pelo chefe do Executivo, que adiantou ainda que há um risco sério com os adeptos das modalidades amadoras, que estão a ir lá fora competir em zonas do continente onde há forte transmissibilidade do vírus. Também na Europa a situação pandémica está a evoluir de forma muito preocupante, o que é necessário tomar em conta. Os atletas ficam obrigados a realizar um segundo teste ao regressar à Região, e a aguardar o resultado desse teste em confinamento, pois há risco elevado de contágio.

Quanto aos turistas que vêm à Madeira, segundo referiu, uma parte da verba da reserva realizada no hotel será transferida para o IASAÚDE, para fazer frente às despesas com os hotéis para confinamento para onde os turistas que acusarem infecção pelo coronavírus terá de ser deslocado, para quarentena.

O Governo Regional vai enviar agora a decisão da obrigatoriedade do uso de máscaras e demais medidas ao parlamento, para apreciação.