Secretaria do Turismo aconselha idosos a ver a Festa da Flor pela televisão

A Secretaria Regional do Turismo e Cultura refere, numa informação à comunicação social, que a ‘Festa da Flor e do Vinho Madeira 2020’ realiza-se este ano num contexto especial, com medidas da Autoridade Regional de Saúde que têm de ser respeitadas. E são elas, concretamente, o uso obrigatório de máscara, a higiene das mãos, o distanciamento social e a etiqueta respiratória, esclarece-se.

“Por isso mesmo, o cortejo tradicional, que acontece normalmente num único dia nas edições da Festa da Flor, deu lugar este ano a 51 actuações dos mesmos grupos em três lugares distintos, em dias diferentes (em dois fins-de-semana) e em horas dispersas. A intenção clara que está na base desta alteração assenta precisamente em evitar que muitas pessoas estejam juntas num único momento”, refere a SRTC.

Para as bancadas da Praça CR7, Heliporto e Cais 8, serão disponibilizados 8.850 lugares para o público que pretenda assistir às actuações dos 9 grupos.

A Secretaria Regional de Turismo e Cultura considerou que, perante as adversidades causadas pela pandemia, a população madeirense deveria dispor de ingressos gratuitos. Por isso mesmo, nos dias que antecedem a realização das actuações dos ‘Grupos da Flor’ são disponibilizados os bilhetes de acesso, sem qualquer custo, tanto para residentes como para quem nos visita, refere esta entidade governamental.

No entanto, no contexto de exigência de cuidados sanitários por causa da Covid-19 que ainda está longe de estar debelado no mundo inteiro, antes pelo contrário, com países a inverterem a tendência decrescente, é sempre preferível que a população mais vulnerável seja poupada de qualquer risco, sobretudo os mais idosos, recomenda a Secretaria de Eduardo Jesus.

A RTP – Madeira fará programas que permitem acompanhar os festejos através da televisão, evitando a exposição de alguns, compensando, dessa forma, essa limitação. Além disso, no dia 20 de Setembro a televisão madeirense tem agendado um programa extenso, onde poderão ser vistas actuações de todos os grupos, o que permitirá ver em casa os ‘Grupos da Flor’ em conforto e segurança, reza a nota de imprensa.

Actualmente, para os dias 4, 5 e 6 de Setembro, os ingressos, que começaram a ser distribuídos no dia 2, têm conhecido uma procura grande desde a primeira hora. Para as actuações dos dias 19 e 20, a distribuição nos Postos de Informação de Turismo, da Avenida Arriaga, e do Vidamar, na Estrada Monumental, ocorrerá mais para a frente.

“Para este fim-de-semana, os lugares disponibilizados começam a ficar preenchidos, o que mostra o carinho da população pela Festa da Flor, mas que também deixam antever que quem pretender assistir e ainda não disponha de bilhetes possa sentir maior dificuldade em consegui-los”, avisa a Secretaria.