PCP reage com alarme ao anúncio de despedimentos no hotel Reid’s

O PCP deu conta de que, de acordo com  informação oficial do Hotel Reid`s, está em curso um processo de despedimento colectivo que envolverá centenas de trabalhadores. Para os comunistas, “esta situação, mais ainda por se verificar num dos hotéis de maior expressão histórico-turística na Madeira, constituí um alarmante sinal do agravamento da situação económica e social na Região Autónoma da Madeira”.

“A economia turística tem neste despedimento colectivo uma marca que confirma um desastroso impacto para o desenvolvimento regional. Estão em causa dezenas de trabalhadores e também está em causa todo o modelo de desenvolvimento económico e social”, reza uma nota do PCP. Ora perante esta situação de despedimento colectivo de trabalhadores do Hotel Reid`s, o partido anuncia que vai requerer a presença urgente do secretário regional do Turismo e Cultura e da secretária regional para a Inclusão Social, para uma inquirição no Parlamento sobre os apoios públicos ao sector turístico, que deviam impedir despedimentos.

Por outro lado, convocará uma concentração de trabalhadores do sector da Hotelaria, como manifestação pública de protesto contra os despedimentos em curso no sector hoteleiro na RAM.