Detectado um caso suspeito de Covid-19 no aeroporto; o mesmo encontra-se em estudo

De acordo com a informação diária do IASAÚDE, a Região detectou hoje um caso suspeito de Covid-19 no Aeroporto, mas mantém oficialmente e até agora apenas dois casos activos, como acontece há vários dias. Até 1 de Julho, foram contabilizadas 1547 notificações de casos suspeitos de COVID-19, das quais 92 foram casos confirmados. Há 90 recuperados. Os casos activos continuam sem necessidade de cuidados hospitalares.

Entretanto e no contexto da operação de rastreio de viajantes no aeroporto da Madeira realizaram-se hoje 340 colheitas para teste à COVID-19 no local. Os restantes passageiros apresentaram resultados de testes PCR realizados nas últimas 72 horas, ou enquadravam-se em situações de excepcionalidade previstas na regulamentação em vigor na RAM.

Durante o dia de hoje, no contexto desta operação de rastreio, foi identificado 1 caso suspeito, que se encontra em estudo. O viajante permanece em confinamento numa residência, no concelho do Funchal. Análises laboratoriais e a investigação epidemiológica estão em curso, diz o IASAÚDE.

No total, são 1644 as pessoas acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região, 340 pessoas em vigilância activa e 1304 em auto-vigilância.

Relativamente às linhas criadas no âmbito do Plano de Contingência para a COVID-19, o total de atendimentos pela linha de acompanhamento psicológico do IASAUDE (291 212 399) é agora de 1525, com 149 pessoas acompanhadas pelos profissionais deste Instituto. Os contactos  da linha SRS24 (800 24 24 20) totalizam, à data, 9083.

Relativamente a outros testes para despiste de COVID-19 realizados, o total de amostras processadas no Laboratório de Patologia Clínica do SESARAM, E.P.E. é, até à data, de 23460. O número de utentes alvo de teste à COVID-19 na RAM é 20418.