Estátua de Amândio de Sousa será inaugurada a 1 de Julho

R. Marote (foto)
Com Rui Marote
A estátua alusiva aos 600 anos que se tem mantido até agora “empacotada” na Rotunda Harvey Foster, no centro do Funchal, será inaugurada no dia 1 de Julho, pelas 12h30, numa cerimónia que terá como único orador Guilherme Silva, presidente da Comissão para as Comemorações dos 600 anos da Descoberta da Madeira e do Porto Santo.
Recorde-se que a estátua, uma criação do escultor Amândio de Sousa, deveria contar, no seu descerramento, a 27 de Março, com a presença do presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na altura em que estava prevista a deslocação do mais alto magistrado da Nação à Madeira, também para marcar presença na inauguração do hotel Savoy. Mas o presidente acabou por não poder vir, seguiu-se a pandemia e a estátua permaneceu “embrulhada” até hoje.