Governo Regional renova requisição de hotéis para a quarentena

Uma portaria conjunta de Pedro Calado, Pedro Ramos e Eduardo Jesus procede à requisição de três estabelecimentos hoteleiros para fins de utilização das instalações, com o propósito de assegurar o confinamento, se necessário compulsivo, por um período de catorze dias, de todas as pessoas e respetivas bagagens, que desembarquem nos Aeroportos da Madeira e do Porto Santo.

São, assim, requisitados, a partir de amanhã, dia 1 de junho, o Dom Pedro Ocean Beach Hotel, em Machico, o Hotel Vila Galé Santa Cruz, em  Santa Cruz, e, ainda, o Aldeamento Turístico Village Cabo Girão.

A requisição faz-se para fins de alojamento e prestação de serviços hoteleiros com pensão completa (no caso do D. Pedro e Vila Galé), na sequência da declaração de situação de calamidade na Região Autónoma da Madeira, através da Resolução n.º 357/2020, de 28 de maio de 2020 (renovação da situação de calamidade até final de junho).

“A presente requisição destina-se ao confinamento, se necessário compulsivo, por um período de catorze dias, de todas as pessoas e respetivas bagagens, que desembarquem nos Aeroportos da Madeira e do Porto Santo, cujas condições de confinamento encontram-se estabelecidas através de despacho conjunto do Vice-Presidente do Governo Regional e dos Assuntos Parlamentares, do Secretário Regional de Saúde e Proteção Civil e do Secretário Regional de Turismo e Cultura, a partir das 0:00 horas do dia 1 de junho de 2020, com o escopo de reduzir o risco de contágio e a progressão da doença COVID-19 na Região Autónoma da Madeira”, revela a portaria.