Máscaras para distribuir à população serão adquiridas pelo Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato

O Conselho do Governo reunido em plenário em 2 de abril de 2020, resolveu mandatar o Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira, IP-RAM, para, em nome e representação da Região Autónoma da Madeira, adquirir máscaras para proteção, garantindo aos cidadãos a prevenção da proliferação da pandemia COVID-19.

O Executivo justifica a escolha do IVBAM da seguinte forma: “o Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira, IP-RAM é o organismo que acumula a experiência desde 1935 na regulamentação e funcionamento do trabalho de produção bens têxteis produzidos na RAM, conforme o disposto no Decreto-Lei n.º 25.643, de 20 de julho de 1935, que criou o Grémio dos Industriais dos Bordados da Madeira. Existe uma capacidade produtiva instalada na RAM, ligada à confeção têxtil de bordados e vestuário, que poderá ser colocada ao serviço da saúde pública, em particular a confeção têxtil de máscaras para proteção individual. O IVBAM, em virtude das suas atribuições legais positivadas na sua Orgânica, aprovada pelo Decreto Legislativo Regional n.º 5/2013/M, de 5 de fevereiro, detém a capacidade para colocar esse potencial produtivo ao serviço da Região”.