Albuquerque releva papel das intérpretes da Língua Gestual

A linguagem gestual tem sido uma prática corrente nas conferências de imprensa regulares, tanto do presidente do Governo Regional como do IASAUDE, habitualmente com a presença do secretário regional da Saúde e da vice presidente daquele Instituto de Administração de Saúde, no âmbito das recomendações e dos números relacionados com a Covid-19.
Foi precisamente para relevar a importância dessa linguagem gestual que Miguel Albuquerque, líder do governo madeirense, trouxe a público, na sua página do Facebook, três profissionais que expressam, através de gestos, as palavras do presidente do governo.
“Aproveito este espaço para, publicamente, agradecer à Drª Beatriz Jardim, à Drª Catarina Quintal e à Drª Débora Silva, todas intérpretes, que sob coordenação da Drª Susana Spínola, colaboram nos comunicados do Governo Regional.
A sua mestria e profissionalismo têm permitido, através da Língua Gestual Portuguesa, alcançar a comunidade surda e mantê-la devidamente informada das recomendações das autoridades e do ponto de situação do COVID-19 na Região.
É nossa responsabilidade criar cada vez mais condições para que todas e todos tenham igual acesso à informação e a ajuda desta equipa tem sido inestimável.
A quem, na nossa Região, tem, também, esta tarefa diária noutros contextos, o meu reconhecimento e agradecimento”.