José Prada diz que debate do Orçamento mostrou oposição “desgastada, desacreditada” e contraditória

O Orçamento e Plano da Madeira para 2020 foram ontem aprovados, ao fim de uma semana debate.

Segundo o deputado e secretário-geral do PSD-Madeira, a discussão revelou que “ficou, mais uma vez, evidente quem é que tem projeto, quem é que tem visão e estratégia futura e quem é que não sai daquele registo habitual da crítica fácil e destrutiva, que em nada abona a favor do desenvolvimento da nossa terra”.

“Assistimos a uma oposição desgastada, desacreditada e, pior, incapaz de trazer algo de novo ao debate, que nem sequer se dá ao trabalho de disfarçar a sua constante contradição com aquilo que defendia antes das Eleições, que perderam. Sim, é sempre bom recordar”, enfatizou.

“Felizmente que há quem se afaste destas demagogias e populismos para verdadeiramente trabalhar em prol dos madeirenses. Para encontrar respostas e soluções aos problemas. Para governar em consciência, com capacidade, justiça e sentido de responsabilidade. E é nisso que estamos apostados, tendo por base um Orçamento que permitirá reforçar a estratégia que tem vindo a ser desenvolvida, concretamente nas áreas sociais e na saúde, na educação, na economia e no emprego, mantendo, em simultâneo, a consolidação das nossas contas públicas”, rematou.