Tiago Freitas quer construir um PSD alternativa em São Gonçalo

Foi eleita hoje a Comissão Políticado PSD em São Gonçalo, para o período 2020/2022, onde foi sufragada a única lista apresentada sob a presidência de Tiago Freitas, registando-se a particição da quase totalidade dos militantes inscritos na freguesia. Para o novo líder, esta eleição serve como “ponto de partida para um novo projeto político focado no futuro sobretudo da freguesia”.

“Pretendemos continuar o trabalho notável realizado pelas nossas e nossos companheiros, e desde logo, uma inevitável referência ao nosso caro companheiro Duarte Luciano, a quem o PSD de São Gonçalo, muito deve, pela audácia e competência que demonstrou, em constituir uma equipa que permitiu agregar os militantes em torno de Mais e Melhor São Gonçalo.” Referiu Tiago Freitas

Apostando num conjunto de medidas inovadoras que fazem parte do programa apresentado, o dirigente social-democrata e restantes membros da nova Comissão Política eleita, garantiram que pretendem um PSD em São Gonçalo empenhado em participar na construção de uma alternativa política para a freguesia, visto que, a mesma se encontra destituída de ambição.

“Trabalharemos unidos e firmes com todas as forças vivas de São Gonçalo, sem exclusões ou preconceitos, com vista a reconquistar a reputação e a preferência dos eleitores, na freguesia de São Gonçalo. Estou convicto, que apresentaremos soluções adequadas às exigências e redobraremos a esperança aos horizontes daqueles que se sentem desapontados com o resultado da inexistência de um rumo político nossa freguesia.”, adiantou Tiago Freitas.

A nova Comissão política de São Gonçalo pretende garantir o devido acompanhamento aos militantes mais antigos, promovendo sessões de esclarecimento, palestras entre outras, utilizando para o efeito a sede do Partido na Freguesia. Outra das medidas apontadas, segundo revela o novo líder, prende-se com a vontade em recrutar novos militantes com especial enfoque nos mais novos, de forma a captar e capacitar os jovens da freguesia para a prática política.

Promover a partilha de conhecimento com outras Comissões Políticas de freguesia, de forma a gerar relações de cumplicidade política que fortaleçam a posição do PSD no concelho do Funchal, constitui outra medida que consta no programa de ação para os próximos dois anos, reforçou

Num total de 8 elementos a nova Comissão Política de São Gonçalo, integra um vice-presidente, Carlos Alberto Abreu, Nuno Barata como Secretário/Tesoureiro e cinco vogais, Leonilde Olim, Ricardo Pita da Silva, Rosalina Vieira, Dina Olim e Jorge Vale Fernandes, respetivamente.