Filipe Lobo d’Ávila deu a conhecer o seu projecto aos centristas madeirenses

O candidato à presidência do CDS, Filipe Lobo d’Ávila, reuniu-se ontem com militantes centristas na sede regional do CDS para apresentar a Moção de Estratégia Global “Juntos pelo Futuro” que levará ao XVIII Congresso Nacional, nos dias 25 e 26 de Janeiro em Aveiro.

No entendimento deste candidato, o CDS precisa de mudar de vida, sabendo identificar os erros cometidos no passado, mas sobretudo sabendo definir a sua mensagem e posicionamento. A mensagem terá de ser clara e perceptível para recuperar eleitorado.

Este, sustentou, é o momento de recuperar a credibilidade do CDS e todos são necessários para reerguer o partido.

Quanto às autonomias, Filipe Lobo d’Avila reconhece, na sua moção, de uma forma clara, a vantagem das mesmas e os avanços que as permitiram ao longo das ultimas décadas, havendo ainda um longo caminho a trilhar, nomeadamente o conflito de competências entre as Assembleias Legislativas e a Assembleia da República, realçando a necessidade de ser assegurado o principio de continuidade territorial e a revisão constitucional para que Portugal seja entendido como um país que é uno, reconhecendo as circunstâncias especificas das nossas regiões, refere um comunicado de imprensa.