CMF prolonga intervenção na rede de água do Pilar; moradores mostram-se descontentes

Relativamente a uma intervenção que a CMF tinha anunciado ontem na rede de águas da zona do Pilar (ver outro artigo no nosso site) a Câmara Municipal do Funchal informou que “foi identificada durante a tarde de domingo a origem do problema, nomeadamente uma rotura dentro de um condomínio privado. Assim sendo, a intervenção em causa terá de prosseguir na manhã desta segunda-feira, de forma a que a rede pública de abastecimento não continue a ser afectada pelo mesmo. Os trabalhos vão, assim, implicar uma interrupção no abastecimento de água na zona do Pilar, entre as 9h30 e as 12h. A Autarquia agradece a compreensão de todos”, refere o comunicado do gabinete da presidência da Câmara.

O comunicado foi enviado por volta da uma hora da manhã, altura em que uma carta bastante extensa documentando a queixa de um morador pelo facto de não ter água em casa há horas para tomar banho, para cozinhar ou para outras necessidades foi divulgada na rede social facebook, no site de um conhecido jornalista. Aparentemente, os habitantes da zona começam a perder a paciência com as explicações da autarquia e dizem mesmo que os problemas começaram já a 21 de Dezembro.