Idalina Perestrelo salienta que orçamento da CMF “apoia as famílias”

A vice-presidente Idalina Perestrelo, da CMF, salientou hoje no final da reunião de Câmara que a edilidade funchalense tem vindo a ser reconhecida pelas suas boas práticas, regionalmente e internacionalmente. “Os prémios que temos vindo a receber são prova de que o nosso trabalho está no bom caminho”, referiu esta responsável, citando o recente “Prémio Município do Ano”, que a CMF arrecadou com o projecto “Funchal Destino Acessível”, no âmbito do qual tem vindo a desenvolver esforços no sentido de tornar o Funchal melhor nas acessibilidades, de modo a que se torne uma urbe inclusiva para todos.

Idalina Perestrelo referiu ainda que a CMF receberá em breve a bandeira verde do Prémio das Famílias Responsáveis, atribuído pela Associação de Famílias Numerosas, e que distingue “o trabalho que temos vindo a fazer em prol das famílias funchalenses”. Isso traduz-se, explicou, em apoios económicos e à qualidade de vida das mesmas. Citou, a propósito, apoios à natalidade, às bolsas de estudo, aos manuais escolares gratuitos, aos medicamentos, ao arrendamento… “Todo um conjunto de projectos e de acções que temos vindo a desenvolver (…)”. É esse, afirmou, “o trabalho que queremos continuar”, e que tem expressão também “na baixa de IMI, da devolução de IRS aos funchalenses…”

Na próxima semana, referiu, será provavelmente aprovado o orçamento, “que continuará a beneficiar as famílias funchalenses”. É “o maior orçamento municipal de sempre, equilibrado e que tem projectos, tem investimento, e virá beneficiar as famílias. Votar a favor deste orçamento é votar a favor das famílias”, assegurou. “Estamos confiantes que as nossas políticas poderão continuar já no próximo ano”.