Madeira com 17% dos trabalhadores regionais a viverem do Turismo deve abrir novas oportunidades

Calado TurismoO vice presidente do Governo Regional admitiu hoje, no âmbito do Congresso Anual de Turismo, que decorre na Região, que “é necessário olhar para o futuro com muita responsabilidade, pois a falência de operadores e companhias aéreas levou a uma quebra de dormidas na Região, como tal, é necesessário reforçar e abrir novas oportunidades”, sublinhando que é preciso investir em turismo desportivo devido ao clima caraterístico da Madeira que permite atividades ao ar livre.

Lembrando que estamos “numa Região com cerca de 250 mil habitantes, 17% da população regional (cerca de 20 mil pessoas) é empregada pelo turismo e deste número, 7 mil pessoas são funcionárias da Hotelaria”, Pedro Calado revelou que  “69 milhões de euros de apoios comunitários são investidos no setor turístico na região através do programa Madeira 14 20”.

Para o vice-presidente Regional, “é necessário conhecer os mercados emissores para que seja possível chegar ao que a Madeira “chegou hoje”: um destino de reconhecimento internacional, algo que é possível verificar através dos diversos prémios internacionais que a Região Autónoma tem ganho ao longo dos anos”.