Miguel Gouveia sublinha políticas de envelhecimento activo

O edil funchalense, Miguel Silva Gouveia, marcou presença na tarde de hoje na abertura do ano lectivo da Universidade Sénior de Santa Maria Maior, destacando, na ocasião, “o papel importante que a Universidade Sénior tem na freguesia, no sentido de valorizar e incluir a população sénior, e de promover a formação, independentemente da idade, e o envelhecimento com qualidade de vida, combatendo o maior flagelo da Terceira Idade: o isolamento e a solidão.”

“O Funchal tem sido um exemplo, inclusive para outros municípios nacionais, como foi reconhecido recentemente, em termos de políticas de envelhecimento activo, que permitem que a população sénior adquira novas aprendizagens, superando novos desafios com uma vida social activa. É este o nosso foco para o Município e são estas as valências que sustentam a viabilidade de todos os espaços seniores da autarquia”, declarou.

“Aos nossos quase 3 mil utentes, proporcionam-se momentos de partilha, de proximidade, de convívio e de educação não-formal, o que também é e muito bem replicado nalgumas das nossas Juntas de Freguesia, como é o caso de Santa Maria Maior” enalteceu o autarca, deixando, por fim, votos “de um ano lectivo de sucesso, com muita aprendizagem e camaradagem entre todos.”