“Pequenas Conversas Grandes Descobertas” procura explicar às crianças o conceito de eleições

 

Principiou hoje no Teatro Municipal Baltazar Dias o Ciclo “Pequenas Conversas Grandes Descobertas” uma co-produção entre a Câmara Municipal do Funchal e a Associação Casa Invisível, que declaradamente pretende abordar temáticas urgentes e importantes da sociedade numa linguagem simples e acessível ao público infantojuvenil. Serão abordadas durante a temporada artística temáticas como as eleições, a cidadania, a igualdade de género, a liberdade e o teatro, com sessões dirigidas às escolas e ao público em geral.

A primeira sessão decorreu na manhã de hoje, subordinada à temática “Para que servem as eleições?”, questionando as crianças entre os 8 e 12 anos, numa actividade teatral e interactiva. Podem os que ainda não votam entender o conceito de democracia representativa e a importância das escolhas de cada um para o bem-estar do mundo em que vivemos? Votamos para quê e em quem? Estas foram questões abordadas e explicadas às crianças.

As sessões escolares prosseguem até 17 de Outubro, com sessões escolares às 10 h e às 15 h, já preenchidas. Ainda é possível adquirir bilhetes para a sessão familiar às 19 horas, no Teatro Municipal Baltazar Dias.

“A actriz Sara Cíntia, a artista plástica Cristiana de Sousa e a mediadora cultural Catarina Claro dão voz e corpo a esta série de actividades, oferecendo uma sólida educação para a cidadania, para que as crianças possam reflectir sobre a sua função social e cultural, capazes de dar respostas aos desafios da sociedade”, refere uma nota do Teatro Municipal.