Universidade Sénior do Funchal abriu hoje o seu ano lectivo

A Universidade Sénior do Funchal abriu hoje o seu ano lectivo com uma sessão na sala da Assembleia Municipal, nos Paços do Concelho. A ocasião registou a presença da vereadora Madalena Nunes, com os pelouros da Educação e do Envelhecimento Activo na CMF, e que salientou, na ocasião, perante os alunos e docentes, o “nobre papel” que a Universidade Sénior do Funchal representa para o Município. ”Este é verdadeiramente um projecto de valorização das pessoas, não só a nível da formação, mas acima de tudo da importância de saber envelhecer com  qualidade de vida, mantendo rotinas, aprendizagens, desafios e uma vida social.”

“Através da USF, a Câmara Municipal do Funchal contraria activamente o isolamento da nossa população sénior, e o plano curricular estende-se a actividades como a dança e o ioga, que contribuem ainda para a promoção da actividade física e para o aumento do seu bem-estar e da saúde”, assegurou a autarca, desejando a todos, “mais um ano lectivo de sucesso, com muita aprendizagem e muito convívio.”

A Universidade Sénior do Funchal foi a primeira Universidade Sénior da Região e destina-se a todas as pessoas com mais de 50 anos, independentemente das suas habilitações literárias. No ano que agora começa, a USF conta com 84 alunos inscritos.