PTP apela aos eleitores para não se deixaram enganar pelas sondagens

PTP 19 de setembroO Partido Trabalhista Português (PTP) esteve no Hospital Dr. Nélio Mendonça, para apelar aos madeirenses e porto-santenses que não se deixem enganar pelas “sondagens capciosas”  da comunicação social. Foi a ação no penúltimo dia de campanha eleitoral para as eleições regionais de domingo.

“Querem deixar o PTP em lista de espera, como a fazem com milhares de madeirenses no nosso hospital”. (…) Somos discriminados porque somos um voz incómoda no parlamento Regional, porque denunciamos este regime de festa permanente e aposta nas grandes obras públicas por parte do Governo e das Autarquias,  enquanto os nossos idosos acabam largados  nos corredores do hospital por falta de apoio à terceira idade”, denunciou a cabeça de lista do PTP, Raquel Coelho.
O PTP quis alertar os eleitores para a “discriminação que entendem estar a ser alvo pelos órgãos de comunicação social, em especial a RTP/M ao impedir a participação do debate televisivo com partidos com representação parlamentar. “Escondem-nos dos debates, das sondagens, dos jornais impressos, porque temos combatido com denúncias e propostas a “rataria e a máfia no bom sentido da política regional e do setor empresarial”, enunciou Raquel Coelho.

Regionais 2019

Querem diminuir a nossa força perante o eleitorado”, disse a candidata trabalhista. Tendo apelado aos madeirenses e porto-santenses que não se deixam levar na “propaganda enganosa” da comunicação social e que votem no Partido Trabalhista Português.