Dicionário Enciclopédico da Madeira custa um milhão e tem patrocínio de grupos económicos

Albuquerque enciclopédia apresentadaO primeiro volume do Dicionário Enciclopédico da Madeira foi hoje apresentado com a presença do presidente do Governo Regional. O investimento é de 1 milhão de euros, mas há o envolvimento acrescido, ao nível do patrocínio, de quatro grupos económicos da Região, Pestana, Grupo Sousa, Socicorreia e JM.

A obra, que na totalidade será composta por dez volumes, é uma iniciativa da secretaria regional da Educação, com a colaboração da comissão dos 600 anos da Descoberta da Madeira e Porto Santo. No trabalho, estão empenhados cerca de 500 investigadores sob liderança dos professores Eduardo Franco e Cristina Trindade.

Miguel Albuquerque defendeu que os ideais do iluminismo, a razão, a ciência, o humanismo e o progresso, devem ser hoje reafirmados como forma de combate ao que considerou ser, nos nossos dias, a “fobia ao progresso”.

Como convidado esteve o investigador e comentador Pacheco Pereira.