O antigo ministro dos Transportes de Angola, Augusto Tomás, foi condenado esta quinta-feira a 14 anos de prisão maior e 18 meses de multa, o cúmulo jurídico de quatro crimes, incluindo peculato [vídeo]

¡AF!