Festival de Arte Camachense principia na sexta-feira dia 9 de Agosto; promete programa ecléctico

O Largo Conselheiro Aires de Ornelas será, a partir de sexta-feira, o palco para mais uma edição do Festival de Arte Camachense – ART’Camacha. Esta 30º edição vem propor folclore, moda, rock, fado, teatro, desporto, mas acima de tudo muita cultura, garante a organização, da responsabilidade da Casa do Povo local. Este festival de Verão da vila decorre entre 9 e 15 de Agosto.

Na sexta-feira, dia 9 às 18h00, no auditório da Casa do Povo, será assinado um protocolo entre a Associação das Casas do Povo da Região Autónoma da Madeira (ACAPORAMA) e a Federação Portuguesa de Clubes UNESCO. Logo após à sessão de abertura com as entidades oficiais, actuará a Banda Paroquial de São Lourenço.

Numa noite em que sobem a palco projectos camacheiros,  uma clara aposta na ‘prata da casa’ a animação prosseguirá com o cantor Márcio Amaro, pelas 21h45, seguindo-se a banda “Forgotten Roads”. Depois, o DJ AzZ, fecha a primeira noite de animação.

No dia 10, e fora de palco, haverá animação de rua para todos os amantes de contos ‘para crianças e não só’. “Já no palco, damos início ao segundo dia, repleto de desportistas das 17h00 às 21h00, tomando depois a animação de palco por parte do Grupo Folclórico da Casa do Povo da Camacha”, refere uma nota às Redacções. Pelas 22h00, Miguel Pires apresentará um tributo a Elton John. Pelas 23h30, actuará o teatro Experimental da Camacha, apresentando a peça ‘Quem quer casar c’um Camacheiro?’ O DJ Oxy encerra este dia.

Já no domingo, dia do Camacheiro Emigrante, o auditório da Casa do Povo acolhe pelas 12h15 a conferência “O papel da AIP-IAP – Association International of Paramiology na defesa do Patrimónimo Linguístico Mundial – Falar por si” com Rui Soares, presidente da Associação Internacional – AIP – IAP como orador, e Marinela Soares. Será também apresentado um livro da autoria de Filipe da Conceição Pires. A animação de palco inicia-se às 16h30. Á noite actuará o Grupo de Fados da Camacha e o Fado das Quinas. A noite encerra-se com as escolhas musicais do DJ Marco Caires.

Entretanto, na segunda-feira, será dia de Rock, com a presença do Clube de Rock EB23 da Camacha, The Crew Tones, Negative Rule, Jesus Or A Gun e por fim Blind Death.

No dia seguinte, em contraponto, aposta-se mais na tradição trazendo o Grupo de Romarias e Tradições e os Camachofones, com a Orquestra de Bandolins da Casa do Povo.

Quarta-feira,  noite começa pelas 19h00 com o Poeasia no Palco 1875, seguido do Festival Internacional de Folclore do Rochão 2019, “Terreiro da T’Inês”. A  noite, por ser véspera de feriado, volta a terminar às 4h00, com animação nocturna do DJ SIL.

Na quinta-feira, o dia de encerramento começa bem cedo com o VII Grande Prémio de Atletismo pelas 09h00, e pelas 15h00 com o Torneio de Andebol.

O teatro volta pelas ruas com as “Divas e Compadres” às 17h00, enquanto que junto ao monumento do Futebol a partir das 20h30 haverá um espaço de leitura para todas as idades. Já no palco principal, a animação regressa às 19h00 com os Jovens Talentos: “A Voz! de Santa Cruz”, seguindo-se às 21h30 o mais recente grupo integrante da Casa do Povo, os C’azoada.

Às 22h45 o palco transmutar-se-á e, passerelle para um dos últimos momentos deste grande festival, o Desfile de moda do Estilista Tiago Gonçalves, com a apresentação da sua mais recente coleção, “OLD 20Age”.

Este último dia terminará com a Rockola da Achada e com o camacheiro DJ Celso, encerrando a Trigésima Edição do ART’Camacha.