Novo clube de xadrez criado a 31 de julho alia desporto e solidariedade

Foi constituída no passado dia 31 de Julho, no Cartório Notarial de Susana Lopes Teixeira Zino, no Funchal, a MCA – MADEIRA CHESS ASSOCIATION.

Trata-se de uma Associação que tem uma dupla-vertente, pois, além de ser um clube desportivo, é também uma associação de solidariedade social. O que se apresenta como caso inédito entre associações desportivas.

Segundo uma nota de imprensa, a MCA tem como propósito contribuir para o aumento da taxa de ocupação hoteleira e de fidelização de turistas que gostem de jogar xadrez, sendo que os eventuais donativos serão canalizados para crianças em situação de risco ou situadas em localidades mais desfavorecidas da Região Autónoma.

Haverá agora um “trabalho de campo” junto das freguesias e escolas da Madeira e Porto Santo, no sentido de, também pelo Xadrez, tais crianças possam desenvolver o raciocínio matemático, a capacidade de enfrentar situações adversas sem reactividade, ou agressividade, a concentração, o silêncio, a definição de estratégias e o respeito pelo adversário.

Trata-se de uma associação que, na prática, extravasa o âmbito regional e até nacional, na medida em que, por exemplo, o futuro Presidente do Conselho Directivo, o empreendedor Rui Sardinha, português residente em Inglaterra, e que tem trabalhado como consultor de importantes entidades financeiras na praça Londres, é sócio e CEO de uma sociedade de empresariado desportivo, com uma rede intercontinental.

Rui Sardinha ficou apaixonado pela Madeira ao ponto de decidir, em apenas 2 meses e três semanas, formalizar este vínculo emocional com a Região.

A MCA pretende inscrever-se na futura Associação de Xadrez da Madeira, uma vez que esteja a mesma constituída, não só porque é um clube desportivo de raiz, mas também em reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos professores Gilberto Garrido (da Ponta do Pargo e auto indigitado presidente dessa futura associação representativa do xadrez regional), José Luís (no Centro Cívico de Santo António) e Fernando Oliveira (da escola da Ribeira Brava) em prol do incremento desta modalidade na Região, assim como por outras pessoas, de boa vontade, que os têm acompanhado.

Trabalho esse comprovado com o sucesso da integração desta modalidade nas últimas jornadas autonómicas do Desporto Escolar, pela primeira vez e, só, ao fim de cerca de 43 anos de Autonomia.

Oportunamente será divulgada a data da tomada de posse dos primeiros órgãos sociais.

Para esclarecimentos adicionais está, desde já, disponível o seguinte endereço de e-mail madeira.chess@gmail.com e a página de Facebook onde será possível acompanhar o trabalho que se pretende desenvolver com outras entidades privadas (maioritariamente ligadas ao turismo), assim como com entidades públicas regionais e autárquicas.