Presidente da CMF explica o que faz um batelão na zona do Lazareto (c/vídeo)

Um batelão está posicionado, há alguns dias, ao largo, na zona do Lazareto.

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) investiu 2,9 milhões de euros na beneficiação do emissário submarino que recebe todas as águas residuais do concelho, após serem tratadas na ETAR do Funchal.

Trata-se de uma intervenção que vai garantir uma melhor capacidade de resposta às solicitações das nossas redes de saneamento básico, numa aposta determinante para salvaguardar a sustentabilidade ambiental e o futuro do Funchal.

O presidente da CMF, Miguel Silva Gouveia foi ao Lazareto explicar, em vídeo, que este investimento inclui ainda a requalificação da atual ETAR no Almirante Reis, a construção de uma nova Estação Elevatória nos Socorridos, a requalificação de duas estações já existentes, no Areeiro e na Praia Formosa, e a construção da nova ETAR do Funchal, na zona Lazareto.

Veja aqui