“Músicas da Natureza” à procura de novos públicos e de diversificar a oferta

Concertos PortoSanto 1Concertos porto santo 3O Miradouro do Furado Norte – Morenos, na Ilha dourada, foi o cenário do arranque do Ciclo de Concertos “Música na Natureza”. com “singularidade” e com o propósito de reforçar a oferta cultural, decentralizar, diversidicar e ganhar novos públicos, como referiu a secretária regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço.

“A singularidade deste evento e a ligação que, através dele, se promove, entre o património natural e o património cultural – neste caso musical – permite-nos concluir que esta é, sem dúvida, mais uma forma de reforçarmos a nossa oferta cultural, descentralizando-a e diversificando-a nos seus conteúdos, de modo a atingirmos novos públicos e a cumprirmos um programa de celebrações dos 600 Anos que, embora focado, este ano, na Madeira, também se mantém bem presente no Porto Santo». considera a governante.
Esta é, segundo a secretaria, “uma iniciativa que contribui para enriquecer a oferta cultural, mas também turística do Porto Santo, assente numa experiência que é única e que, mais uma vez, se promove, com recurso à natureza e numa envolvente que se distingue de todas as outras», conforme fez questão de destacar, na ocasião, a governante, satisfeita com a adesão do público residente mas, também, turista, neste primeiro dia”
Este Ciclo de Concertos, que termina amanhã, domingo, é de entrada livre e inclui, para além da atuação desta noite, mais duas, todas elas desenvolvidas em plena natureza, em palcos naturais, ao pôr-do-sol e ao nascer do sol.
Depois do Miradouro do Furado do Norte, hoje, pelas 20.30 horas, no Miradouro das Flores, entrará em cena o Projeto Trigo e amanhã, domingo, ao nascer-do-sol, pelas 7.00 horas, será a vez do Fennel Shore encantar o público, na Pedreira.
Relativamente aos repertórios, o concerto deste sábado integra composições de autores madeirenses, com voz, viola acústica e viola elétrica, sendo que, na terceira e última atuação, prevista para domingo, o jazz e a bossa nova serão os estilos dominantes, acompanhados por teclados, guitarra e bateria.