CMF apresentou a edição do corrente ano dos Altares de S. João, com um “ecletismo sem precedentes”

O edil funchalense, Miguel Silva Gouveia, e a vereadora Madalena Nunes, com o pelouro da Cultura, apresentaram, esta tarde, a edição 2019 dos Altares de São João. Trata-se de uma tradição da baixa da cidade, que decorre entre os dias 19 e 24 de Junho na Praça do Carmo, abrangendo também a Rua da Figueira Preta, Travessa dos Reis, Rua da Conceição e Rua da Cooperativa Agrícola do Funchal.

Miguel Silva Gouveia deu conta da sua satisfação pela concretização de mais uma edição dos Altares de São João, e salientou que o programa desta edição caracteriza-se “por um ecletismo sem precedentes, pois teremos, paralelamente à dinamização dos altares, teatro de rua, com a presença do Teatro Bolo do Caco, as Bandas Municipal e Distrital do Funchal, e ainda dois grupos folclóricos, nomeadamente o Grupo Folclore da Boa Nova e o MonteVerde”, para além da habitual presença de tunas e fados.

“À luz do que temos promovido nos anos anteriores, não poderiam faltar as tradicionais marchas dos ginásios da Câmara Municipal do Funchal e da SocioHabitaFunchal, que emprestam um colorido especial a este evento e garantem a itinerância das animações de rua pelos diversos estabelecimentos comerciais. Adicionalmente, teremos ainda actuações de um leque de bandas madeirenses, dando relevo àqueles que são os nossos artistas locais e à própria produção cultural da Região”. Ao longo de seis dias, passarão, assim, pela Praça do Carmo Xarabanda, Banda D´Além, Tiago Silva, Aoakaso, Mariachi México Madeira, Sandra & Ricardo, Eletroband, D´Repente e Ferdinando Barros.

O presidente da Câmara deixou um agradecimento especial aos comerciantes locais, imprescindíveis num evento popular como este. A cerimónia oficial de abertura da edição de 2019 dos Altares de São João está agendada para a próxima quarta-feira, dia 19 de Junho, pelas 18h.