“Cratera” no Porto da Cruz é perigo para quem circula e bloqueia entrada para habitações, denuncia o MPT

Porto da Cruz cratera MPT 1Porto da Cruz cratera MPT 2Porto da Cruz cratera MPTO MPT Madeira foi hoje ao Porto da Cruz e afirma que o fez a convite dos moradores do sítio da Achada. Foi ali que os responsáveis partidários denunciar “a existência de uma “cratera”, situada em cima de uma curva perigosa e que põe em risco quem ali circula, bem como bloqueia a entrada de pessoas, algumas já idosas, para as suas habitações”.

“Esta “cratera” já lá está há mais 6 meses, com o material a se estragar e com erva a nascer. O Partido não aceita que uma Freguesia que vem dando maiorias absolutas ao Partido Socialista, seja tratada desta forma”.

Por estas razões o MPT pede que “esta obra seja concluída o mais rapidamente possível, para que as pessoas possam a voltar a ter normalidade e apelamos à população deste sítio a mostrar o seu desagrado, já em Setembro, votando contra estes malabaristas e aldrabões, pois não podem continuar a votar nestes senhores, quando eles só se lembram do sítio, na altura das eleições”.