“Aliança” critica milhões deitados ao mar na Marina do Lugar de Baixo

O candidato do”Aliança”, Luís Guerreiro Lopes, visitou hoje a Marina do Lugar de Baixo, na Ponta do Sol, fazendo-se acompanhar pelo presidente da comissão política regional, Joaquim José Sousa e pelo director do gabinete de estudos do partido, Décio Alves.

O candidato sublinhou que “estamos falando de aproximadamente 100 milhões de euros entre dinheiro da Região e da Europa que foram literalmente deitados ao mar. Falamos de políticas de betão que visaram apenas gastar dinheiro, realizados sem estudos prévios e que acabam por ser abandonados”.

Joaquim José Sousa, corroborando as afirmações do candidato ao Parlamento Europeu, lembrou que começam a proliferar os investimentos que foram realizados para melhorar a qualidade de vida das pessoas e que vão sendo abandonados. Referiu como exemplo “as escolas da Vargem, Garachico, São Jorge e Seara Velha, no Curral das Freiras, que vão fechando e ficando assim condenadas ao abandono”. Segundo o mesmo, não é justificável estar a abandonar estes equipamentos que muito recentemente foram símbolo da modernização da nossa região.

O partido reitera que a utilização dos fundos europeus deverá ser realizada de forma séria, consciente e orientada a resultados que sejam benéficos a toda a população da Madeira e de Porto Santo e não “para alimentar lóbis da construção civil”.