Serviço público de Saúde é compatível com o privado, garante o presidente do Governo Regional

Albuquerque Jornadas Medicina Familiares4“A Medicina Familiar é uma especialidade que está em consonância relativamente ao que são os grandes objetivos da Saúde Pública. Desde logo porque a prevenção da doença vem melhorar essa mesma saúde, com práticas preventivas que permitem o tratamento mais eficaz”, disse hoje o presidente do Governo Regional durante a abertura das Jornadas sde Medicina Familiar.

Miguel Albuquerque reafirmou o que já vem apontando em iniciativas que envolvem a componente da Saúde, trazendo dados conhecidos sobre a esperança média de vida e a necessidade e preparar medidas que possam ir ao encontro desse progressoe garantir a qualidade de vida correspondente”.

O líder do governo madeirense considerou, ainda, que “a sustentabilidade dos sistemas de Saúde deve ser vista, por parte dos Governos, com grande perspicácia. Todos sabem que, na Madeira, o sistema de Saúde é financiado pelas receitas da Região. E o objetivo é essa sustentabilidade, as contas do sistema de Saúde estão consolidadas e isso permite partirmos para a manutenção do serviço. Mas o alicerce está nos profissionais, que garantem a qualidade. E não tenho dúvida que, aqui na Madeira, os nossos profissionais de Saúde são pessoas competentes, empenhadas e com uma dimensão de serviço público que extrava em muito o que é serviço público”.

Albuquerque acentuou que “o sistema de saúde público é perfeitamente compatível com a medicina privada”, mas defende que a principal prioridade é garantir um serviço público que garanta as melhores condições, os melhores tratamentos aos utentes”.