Três dezenas à espera de internamento por afluência anormal às Urgências, altas clínicas em número elevado

O SESARAM avança que há 32 pessoas à espera de internamento no Hospital Dr. Nélio Mendonça.

O Hospital Dr. Nélio Mendonça esteve, este fim de semana, com uma afluência anormal no serviço de Urgência. E por isso mesmo, aguardam por internamento 32 pessoas, a maioria com mais de 70 anos, doentes crónicos, acamados, provenientes do domicilio e de alguns lares existentes na RAM.

O SESARAM dá prevê que “ao longo dia de hoje, 29 de abril, sejam encontradas soluções para providenciar o internamento destes doentes, nomeadamente no Serviço de Medicina Interna. Ate lá irão permanecer na sala de observação do Serviço de Urgência”.

Numa nota enviada à comunicação social, o Serviço de Saúde da Região apela à população para “o uso criterioso do Serviço de Urgência do Hospital Dr. Nélio Mendonça, só em caso de urgência. Caso necessite de algum tipo de cuidado de saúde, não urgente, por favor privilegie o seu Centro de Saúde, e/ou os Serviços de Atendimento Urgente. Importa sublinhar que a gestão de vagas de internamento no Hospital Central do Funchal está condicionada pelo elevado número de altas clínicas existentes na instituição. O recurso adequado aos serviços disponíveis no SESARAM irá possibilitar uma melhor resposta na prestação de cuidados de saúde”.