D´Haene e Dauwalter lideram o MIUT a caminho de Machico

Foto organização.

A 11.ª edição do Madeira Island Ultra-Trail® (MIUT®) arrancou às 00h deste sábado, no Porto Moniz, com centenas de pessoas a incentivar e a acarinhar os cerca de mil participantes nos 115 quilómetros desta competição, a prova mais dura que convida a uma travessia da ilha até Machico.

Esta primeira fase noturna decorreu entre veredas e levadas da costa norte, tendo como referência o planalto do Paúl da Serra – Maciço Montanhoso Ocidental, com várias subidas e descidas seguidas, exigindo um grande esforço aos atletas, nas passagens pelo Fanal, Chão da Ribeira e Estanquinhos, prosseguindo depois para São Vicente (Rosário e Encumeada).

Até esta fase, verificou-se grande equilíbrio na prova masculina, sobretudo entre o francês François D´Haene e o americano Tim Tollefson, quase sempre no top 3, a cada passagem pelos postos de controlo (CP). Germain Grangier também se manteve nesta disputa e até ao momento tem lutado, lado a lado, com o seu compatriota, o atual líder do MIUT, François D´Haene. Nota para a desistência de Andris Ronimoiss, vencedor da prova principal, em 2018.

Na competição feminina, Courtney Dauwalter liderou desde o início do MIUT. Maite Maiora e Mimmi Kotka mantiveram a perseguição à americana, acompanhadas bem de perto por katie Schide, que mais à frente conseguiu intrometer-se entre as três primeiras. Kotka, vencedora da última edição, acabou por perder algum terreno. Será que vai conseguir recuperar?

São Vicente marcou também o início da prova Ultra (85 quilómetros). A partida foi dada às 7 horas da manhã e os cerca de 500 participantes rumaram para a Encumeada e depois Curral das Freiras

Começou assim a fase seguinte da prova, no maciço montanhoso central. Após a incursão ao Curral, e já com o dia a nascer, seguem-se duas exigentes subidas: Pico Ruivo e Pico do Areeiro.

Quando já se ultrapassou metade do percurso da travessia Porto-Moniz / Machico, o Top 3 da prova MIUT já registava algumas alterações:

Homens – CP7 (Pico Ruivo),

1.º François D´Haene (09:05.19)

2.º Germain Grangier (09:05.20)

3.º Diego Pazos (09:18.38)

 

Mulheres – CP6 (Curral das Freiras)

1.ª Courtney Dauwalter (08:05,34)

2.ª Maite Maiora (08:21,54)

3.ª Katie Schide (08:22,11)

 

A terceira e derradeira fase da prova, no maciço montanhoso oriental, tem vista para o Funchal, antes de rumar a este, onde vai culminar o MIUT, que tem meta em Machico.

Refira-se que pelas 9h teve início, no Porto da Cruz, a partida para a prova Mini (16 km). Para as 11h está agendado, no Monte, o início da prova Marathon (42 km).