Obras na rua Imperatriz D. Amélia entram terça-feira na “fase de transição”

Terça-feira, 26 de março, a Câmara do Funchal dá início à “fase de transição da empreitada “Requalificação da envolvente da Rua Imperatriz D. Amélia”, uma fase que terá a duração de 15 dias e foi introduzida entre a Fase 1 e a Fase 2 de obras, “de forma a permitir a rápida implementação das novas redes de águas, de esgotos e redes pluviais, no entroncamento entre a Rua Imperatriz D. Amélia e a Rua da Penha de França, pelo que será prolongada a interrupção rodoviária até o Beco Imperatriz D. Amélia, mantendo o acesso pedonal”.

Segundo uma informação da Autarquia, “o acesso à Rua Imperatriz D. Amélia, manter-se-á através da Av. do Infante, virando à direita para o Beco Imperatriz D. Amélia, sendo que a Rua Princesa D. Amélia e a Rua da Penha de França, funcionarão nos dois sentidos para permitir o acesso às garagens e residências”

Após a conclusão desta Fase, dar-se-á início à Fase 2, onde a intervenção será realizada entre a Rua da Penha de França e a Rua Princesa D. Amélia, retomando a circulação rodoviária na Rua Imperatriz D. Amélia, entre o Largo António Nobre e a Rua da Penha de França.

Devido aos constrangimentos previstos a Câmara solicita que seja evitada a circulação nos arruamentos afetados, utilizando como alternativa o Túnel da Pontinha e Avenida do Infante.

A Autarquia divulgou, também, um esboço do que passa a ser a circulação alternativa para a Fase de Transição e Fase 2.