50 anos da “Carta a um Governador” e 25 de Abril reuniram cidadãos no café Apolo

Fotos: Rui Marote

Conforme o Funchal Notícias já tinha em primeira mão anunciado, um grupo de cidadãos reuniu-se para assinalar o 25 de Abril e os 50 anos da “Carta a um governador”, documento então entregue a Braancamp Sobral, então governador civil do distrito da Madeira. Esse grupo de cidadãos reuniu-se hoje no café Apolo, no centro do Funchal, com a intenção de falar à comunicação social sobre o assunto. Conforme já referimos, está a ser preparada numa tipografia em Lisboa uma nova edição da “Carta” então entregue a Braancamp Sobral, que será lançada em data oportuna. Entretanto, está já agendada para o Palácio de São Lourenço, no dia 16 de Março, às 16 horas, uma conferência intitulada “Antecâmara de Abril: 50 anos da “Carta a um Governador” e testemunhos da oposição democrática na Madeira. Nesta ocasião intervirão Amélia Carreira, António Loja, Rui Nepomuceno e Henrique Sampaio.

Já a 3 de Abril, no Colégio dos Jesuítas, pelas 19 horas, realizar-se-á uma conferência da historiadora Raquel Varela, intitulada “25 de Abril: novas formas de precariedade no trabalho”.

Finalmente, nos dias 23 e 24 de Abril, pelas 10 e pelas 15 horas, está prevista para o Teatro Municipal uma actividade intitulada “25 de Abril trocado por miúdos” pelo colectivo “Casa Invisível”.