Comunicado da CMF: 24 viaturas e 63 bombeiros no comabte ao incêndio

Um comunicado da Câmara Municipal do Funchal (CMF) sobre o incêndio na antiga Insular de Moinhos dá conta que foram retiradas duas pessoas.

Eis o teor do comunicado:

“A Câmara Municipal do Funchal pede à população para evitar a circulação na Baixa do Funchal de imediato, em especial, na zona do Largo do Pelourinho, onde deflagra neste momento um incêndio no antigo edifício da Insular de Moinhos, de origem ainda por apurar.

O Serviço Municipal de Proteção Civil e os Bombeiros Sapadores do Funchal estão no local a coordenar a operação, que também conta com os Bombeiros Voluntários Madeirenses, Bombeiros Municipais de Santa Cruz, Bombeiros Voluntários de Câmara de Lobos, a PSP e duas guarnições da GNR, com 24 viaturas no terreno e 63 bombeiros. Estão destacados todos os meios possíveis para responder a esta situação, tendo a zona sido já evacuada e instalado um perímetro de segurança que abrange a Fernão de Ornelas, a zona do Mercado dos Lavradores e a Praça da Autonomia, com circulação interdita a pessoas e veículos.

Foram retiradas duas pessoas do edifício e não há feridos a registar até ao momento. Todo o dispositivo envolvido está a fazer os possíveis para que o fogo não alastre a nenhum edifício vizinho e para que se possa extinguir o incêndio o mais rapidamente possível. Pede-se à população para manter a calma e evitar circular na Baixa da cidade até informação em contrário.”